Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

9.dez.2016
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

Na atual temporada o Campeonato Português dá mais uma prova de que, em termos de emoção, não deixa nada a desejar em relação a outras grandes ligas europeias. Durante as 12 primeiras rodadas, nenhuma equipe que liderou a competição conseguiu abrir mais de cinco pontos de vantagem para o segundo colocado.

O JOGÃO
benfica_besiktas_ucl

Diferença que pode ser superada neste final de semana pelo Benfica, atual tricampeão português e líder isolado do torneio. O problema para os Encarnados é que a matemática não é simples. Além de precisar de uma vitória sobre o rival Sporting, no clássico da rodada, o time vermelho de Lisboa deve torcer contra outro arquirrival que está de olho no posto mais alto da classificação.

TÁ SECANDO
andre_portofc_dragao

É que o Porto é mais gigante próximo dos comandados do técnico Rui Vitória e pode terminar a rodada, dependendo dos resultados, com dois pontos de diferença para o primeiro lugar. Uma vitória dos Dragões contra o Feirense, adversário que na história venceu apenas uma partida contra o clube azul, é o que precisam André Silva e cia para não deixar Benfica e Sporting escaparem e, assim, manter acirrada a imprevisível disputa portuguesa.

Tem algum comentário a fazer sobre essa notícia? É só clicar aqui.

CRÉDITOS
Imagens: Reproduções/Internet

Alexandre Ferrari

Jornalista
Veja também: