Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

22.set.2016
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

Paralelamente à transferência do brasileiro Daniel Alves para a Juventus, Aleix Vidal foi contratado por R$ 62 milhões pelo Barcelona. A expectativa era que ele logo assumisse a titularidade da equipe azul-grená.

AS DIFICULDADES
aleix_vidal_bench

O problema foi que Vidal mostrou pouca efetividade no ataque, mais do que isso, muitos problemas na defesa, rendendo inclusive uma vaguinha no banco de reservas.

VOU OCUPAR!
douglas_barca_gijon

Antes do espanhol, o brasileiro Douglas também pintou como candidato à vaga, mas bastaram cinco partidas em sua primeira temporada pra eliminar qualquer possibilidade. Segundo o diário Sport, Douglas não ficou nada feliz ao saber que seria emprestado ao Sporting Gijón. A publicação relata que o goiano ameaçou não deixar o clube, ocupando as instalações da equipe.

A SOLUÇÃO
sergi_roberto_vs_atleti

No meio de tantos problemas, surge o polivalente Sergi Roberto, meia, zagueiro e agora lateral direito. Bastaram quatro partidas na temporada para o espanhol se destacar com força ofensiva, atenção na defesa e bom aproveitamento nos passes, o que convenceu Luís Enrique a manter o jovem, de 24 anos, entre os titulares, inclusive no clássico de ontem, diante do Atlético de Madrid. Com personalidade, o jogador foi peça importante do Barcelona, que dominou toda a partida, mas só fez um gol, e acabou cedendo o empate. Além de uma posição na tabela, o time também perdeu Lionel Messi, machucado.

Tem algum comentário a fazer sobre essa notícia? É só clicar aqui.

*Opinião de Monara Marques para a Rádio 730, no dia 21 de setembro de 2016. Clique aqui para ouvir e se inscrever no nosso podcast.

CRÉDITOS
Imagens: Reproduções/Internet

Alexandre Ferrari

Jornalista
Veja também: