Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

3.jun.2018
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

Trazer o ritmo da Rússia para Goiás e levar um pouquinho de Goiás para a Rússia. Esse é o objetivo da Sagres 730 ao lançar o jingle que vai celebrar a cobertura da única rádio do Centro-Oeste com os direitos de transmissão da  Copa do Mundo da Fifa Russia 2018™.

Inspiração

A música, composta pelo produtor goiano Guto Della Favera, foi inspirada no clássico russo Red Army Choir, o coro do exército vermelho. A ideia é mesclar o ritmo da Katyusha com elementos de goianidade, reforçados principalmente na letra, que fala do coração do Brasil, em referência ao Centro-Oeste brasileiro; do cerrado, valorizando o bioma da nossa região; do sotaque goiano, que estará presente em seis cidades russas; além da cobertura da Sagres 730, através da qual você poderá “ouvir e sentir a emoção do futebol”.
 

Goianidade

Levar a bandeira do estado no uniforme; fazer uma versão goiana da Matrioska, um dos maiores símbolos da cultura russa, e nossa mascote durante o mundial, foram apenas algumas formas de demonstrar o orgulho que a Sagres 730 tem de ser a única do Centro-Oeste brasileiro licenciada FIFA. O jingle é mais um projeto que reforça o novo posicionamento da rádio.

“O bairrismo está no DNA da Sagres 730, não por acaso procuramos expressar a goianidade em todos os pontos de contato que levam a nossa marca”, explica a coordenadora do projeto Copa do Mundo - Sagres 730, Monara Marques.

Além de elementos que representam nossa região, a Sagres demonstrou, na prática, esse posicionamento bairrista escolhendo artistas e profissionais goianos para a produção das peças.

A Goianoska foi uma obra do artista plástico Márcio Fleuri, hoje à frente do ateliê Quinquilharia, que atua em Goiânia e nos Estados Unidos. O jingle teve produção do Guto Della Favera, produtor goiano que incorporou a proposta da Sagres conseguindo, através da música, trazer o ritmo da Rússia para Goiás e levar um pouquinho de Goiás para a Rússia.
 

Confira a letra

Coração do Brasil tá na Copa
Copa no coração do Brasil
Esse sol que ilumina o cerrado                                 
Vai brilhar como nunca se viu

E a bola que rola na Rússia
Cada passe, chute ou finta       
Vai ter gol com sotaque goiano
Somos Sagres 730

Lá na Rússia
Goiás marca presença
Cada lance chega ao vivo pra você
Vem com a Sagres 730
Ouça e sinta a emoção do futebol

O melhor time da comunicação
Entra em campo com um show de informação
Vem com a Sagres 730
Ouça e sinta a emoção do futebol

Quando a Rússia se mistura com Goiás
É uma festa do esporte pela  paz
Vem pra sagres 730
Ouça e sinta a emoção do futebol

Vem pra sagres 730
Ouça e sinta a emoção do futebol
oooooooooooooh,
Brasil!   

 

*Texto originalmente publicado em sagresonline.com.br

Monara Marques

Comunicação e Marketing
Veja também: