Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

21.set.2016
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

A quarta rodada da Bundesliga começou agitada. Em quatro partidas, foram onze gols marcados, com destaque para a goleada do Borussia Dortmund: 5 a 1 sobre o Wolfsburg. Hoje, cinco duelos complementam a rodada, que já pode ter mudanças no topo da tabela.

O TABU
lewangol_vidal_muller_bayern_ucl

Segundo colocado da competição, o Bayern de Munique encara o Hertha Berlim, terceiro colocado. Quem vencer pode assumir isoladamente o posto mais alto da competição. Em jogo também está um tabu de 39 anos. É que o Hertha Berlim, grande sensação da Bundesliga até aqui, não vence o rival, na Baviera, desde 1977.

VALE LIDERANÇA
table_bundesliga

Mantendo a escrita diante do rival, o Bayern pode abrir três pontos de vantagem na liderança, despontando como favorito a mais uma conquista. Nas últimas 20 edições, os bávaros levaram 13 títulos, o que levantou um debate sobre o atual formato da competição.

A MUDANÇA
bundesliga_formato

O presidente da Liga de Futebol da Alemanha, Wolfgang Holzhauser, falou à revista Kicker sobre a criação de um sistema mata-mata. A proposta inicial prevê que os quatro primeiros colocados avancem à fase semifinal, com chances reais de competir pela Salva de Prata.

O APOIO
thomas_bvb_press

A ideia é elevar o nível de faturamento dos clubes alemães e, claro, abrir espaço para os demais concorrentes que, assim, teriam mais chances de se consagrar campeão ao final da temporada. Quem concorda é Thomas Tuchel. O técnico do Borussia Dortmund foi o primeiro a manifestar publicamente apoio à proposta, que pode mudar os rumos do futebol alemão e da longa hegemonia do Bayern de Munique.

Tem algum comentário a fazer sobre essa notícia? É só clicar aqui.

*Opinião de Monara Marques para a Rádio 730, no dia 21 de setembro de 2016. Clique aqui para ouvir e se inscrever no nosso podcast.

CRÉDITOS
Imagens: Reproduções/Internet

Alexandre Ferrari

Jornalista
Veja também: