Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

31.ago.2016
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

Durante a Eurocopa, vencida de forma inédita pela Seleção de Portugal, Mesut Özil, meia do Arsenal e peça-chave no meio-campo da Alemanha, fez questão de reforçar entre os colegas de seleção sua paixão pela Premier League, um dos campeonatos mais disputados e glamourosos do mundo. Os elogios viraram conselhos e, pelo visto, deram resultado.

FATOR ÖZIL
mustafi_arsenal_gunners

Anunciado como novo reforço do Arsenal, o zagueiro Mustafi, que deve custar aproximadamente R$ 150 milhões aos Gunners, revelou que Özil foi fundamental para o sucesso da negociação. O meia fez questão de dar detalhes sobre sua experiência no futebol inglês, e, principalmente, sobre o estilo de jogo do técnico Arsène Wenger. “Ele me disse tudo o que precisava saber. Então, rapidamente me convenci”, comentou o defensor. Mas ainda mais inusitada foi a história de Ragnar Klavan.

A SELFIE
ragnar_klopp

O zagueiro, de 30 anos, construiu sua carreira com passagens sólidas por clubes como AZ Alkmaar, da Holanda; e Augsburg, da Alemanha. Por quase R$ 30 milhões, o defensor acertou sua ida para o Liverpool. Mas, antes de assinar contrato, Ragnar, que chegou a duvidar do interesse do clube inglês, pediu a Jürgen Klopp uma selfie para provar que não se tratava de pegadinha. Foi o suficiente pro treinador tomar a frente da negociação, enviando uma foto com um baita sorriso e, assim, convencendo o atleta, que hoje já é titular da equipe do Liverpool.

Tem algum comentário a fazer sobre essa notícia? É só clicar aqui.

*Opinião de Monara Marques para a Rádio 730, no dia 31 de agosto de 2016. Clique aqui para ouvir e se inscrever no nosso podcast.

CRÉDITOS
Imagens: Reproduções/Internet

Alexandre Ferrari

Jornalista
Veja também: