Monara Marques
Facebook Twitter Instagram YouTube
Contato
SOBRE
Monara Marques
EIS O MELHOR E O PIOR DE MIM....

O meu termômetro, o meu quilate. Vem, cara, me retrate. Não é impossível. Eu não sou difícil de ler.

O infinito de Marisa Monte não é tão particular. Roubei, na cara dura, um trecho de sua genialidade pra explicar minha insignificância. É assim que eu me sinto com todo esse universo ao meu redor. Às vezes completa, às vezes só. Mas nunca parada. Com 18 anos, resolvi ser porta-bandeira do mundo. Girei, girei, até cair em Budapeste, uma cidade parecida comigo: completamente dividida. “Pluralista”, diriam os colegas das Relações Internacionais, meu primeiro curso universitário. Migrei pro Jornalismo antes que me alistassem a um guerra. Mal sabia eu que estava entrando em uma interminável batalha. Assim são os jogos de futebol, uma das minhas especialidades. Pra quem duvida, está tudo no meu currículo, que em nada combina com storytelling. Atuando na Publicidade, descobri que há um jeito bem mais legal de contar histórias. E é assim que pretendo compartilhar a minha.

Saiba mais

11.dez.2016
Compartilhe: Compartilhe Facebook Compartilhe Twitter Compartilhe Google Compartilhe Pinterest

Responda rápido: o que ADO Den Haag, da Holanda; Borussia Dortmund, da Alemanha; Liverpool, da Inglaterra; e a Seleção da Islândia têm em comum? Se você pensou que todos foram indicados ao recém-criado Fan Awards, prêmio voltado para os torcedores e organizado pela Fifa, entidade máxima do futebol, saiba que você está certo. O vencedor do prêmio será decidido pelos próprios fãs, em votação que irá até o dia 9 de janeiro, quando os vencedores do prêmio Fifa The Best, que inclui a premiação de melhor jogador do mundo, serão anunciados.

CHUVA DE PELÚCIA


A torcida do ADO Den Haag, da Eredivisie, foi indicada por um momento ocorrido no dia 11 de setembro. Na ocasião, em campo o time foi derrotado pelo Feyenoord por 3 a 1, mas no desenrolar da partida, a torcida do ADO presenteou, com bichinhos de pelúcia, parte da torcida do Feyenoord. O motivo? Os torcedores eram crianças e pacientes do Hospital do Câncer de Roterdã.

O HINO


Já os adeptos de Liverpool e Borussia Dortmund conseguiram aparecer entre os indicados ao se juntarem no emblemático canto de Yoll’ll Never Walk Alone, em Anfield Road, antes de um confronto das quartas de final na última edição da Liga Europa, que foi conquistada pelo Sevilla ao superar os Reds.

OS VIKINGS

Já os islandeses não precisam de muita justificativa depois do show que deram durante a Euro 2016. Cerca de 15% da população da Islândia - 40 mil pessoas - invadiu a França e acompanhou a classificação inédita da seleção azul à fase mata-mata da Euro. Tudo isso celebrando com o canto viking ao fim das partidas, que posteriormente foi adotado por outros torcedores. Diz aí, quem leva essa disputa?

Tem algum comentário a fazer sobre essa notícia? É só clicar aqui.

CRÉDITOS
Imagem capa: Reproduções/Fifa.com
Vídeos: YouTube | This Is Anfield | RT.com

Alexandre Ferrari

Jornalista
Veja também: